Como usar a aspirina em caso de ataque cardiaco

Há coisas que todos nós devemos saber, porque nunca se sabe quando vamos precisar delas para ajudar alguém que esteja perto de nós, e quem sabe, até salvar uma vida! Sabia que em caso de emergência, uma aspirina pode salvar uma vítima de ataque cardíaco?

É mesmo verdade! Existem vários sintomas que avisam a possibilidade de alguém estar a sofrer um ataque cardíaco. A conhecida dor no braço esquerdo não é o único sintoma, como julgam muitas pessoas. Outros sintomas de um ataque cardíaco poderão ser dores intensas no queixo, náuseas e suores em abundância.

Uma vítima de ataque cardíaco pode nunca sentir a primeira dor no peito. Mais de 60% das pessoas que sofreram um ataque cardíaco enquanto dormiam, tiveram a infelicidade de já não se levantar no dia seguinte. Porém, a dor no peito poderá acordá-lo de um sono profundo. Se isto acontecer, dissolva imediatamente duas aspirinas na boca e engula-as com um pouco de água. Ligue de imediato para o 112 e diga “Ataque Cardíaco!” e diga ainda que tomou as duas aspirinas.

Aspirina ajuda a prevenir um ataque cardíaco

 

Após este procedimento, sente-se numa cadeira ou num sofá e espere pelo pessoal da Emergência Médica e NUNCA se deite!

Divulgue esta informação a todas as pessoas que conhece! Saiba que poderá estar a salvar vidas, com algo tão simples!



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.

10 comentários até agora. Deixe também o seu!

  1. 12-11-2011

    @Fernando:
    Estudos demonstram que doses tão pequenas como 30mg/dia, tomadas a longo prazo, já são eficazes para prevenir a produção de tromboxane plaquetária. No entando, doses mais elevadas, como 1300mg/dia, são também aprovadas para uso. Hoje em dia, a aspirina é um dos analgésicos mais usado, no entanto, é muito perigoso para o fígado, devido ao seu alto potencial hepatotóxico, não devendo ser utilizadas mais que 4000 mg diárias (8 comprimidos de 500mg).

    Para adultos que tomem a aspirina como prevenção de AVC’s, a dose recomendada é uma toma de um comprimido de 325mg, quatro vezes por dia ou dois comprimidos duas vezes por dia.

    Em qualquer dos casos, e como cada pessoa tem um estado clínico diferente, é sempre recomendado que se aconselhe junto do seu médico, caso pretenda uma prevenção de AVC’s.

  2. Fernando
    04-11-2011

    Boa noite. Li com toda a atenção e gostei muito de saber afim de estar prevenido,
    Acerca do texto tenho uma duvida.
    Diz que ” Uma vítima de ataque cardíaco … Se isto acontecer, dissolva imediatamente duas aspirinas na boca … “.
    Acontece que numa resposta a uma pergunta do leitor sr. Bruno diz ” … Mas atenção: a aspirina tem essa indicação na dose de 100 a 325mg. A dose de 500mg que equivale a Aspirina adulto, não tem essa função … ”
    A minha duvida é o seguinte: Se no texto de cima indica para dissolver duas aspirinas e no texto de baixo indica que a dose de 500 mg não tem essa função, então não se deve tomar duas aspirinas de 325 mg que equivale a 650 mg, ou seja bem acima dos 500 mg ???
    Cump

  3. 29-10-2011

    @Neide de Souza:
    Muito obrigado pelos seus elogios, já que esses são muito importantes para continuarmos a trabalhar para ajudar o maior número de pessoas.
    Vamos levar o seu pedido em consideração e já o colocámos na lista de prioridades.
    Abraço e até uma próxima visita.

  4. 29-10-2011

    @Sarah:
    É mesmo muito importante passar a palavra, pois nunca sabemos quando podemos estar a salvar uma vida.
    Abraço e muito obrigado pela sua participação.

  5. 22-10-2011

    vcs, estão de parabens ,pela organização e dicas de como prevenir algunha s doenças,
    gostaria de saber mais sobre cachorros estressados demais, com os seus donos .

  6. sarah
    15-10-2011

    Com uma boa leitura sabemos muito mais e salvamos uma vida

  7. sarah
    15-10-2011

    Gostei muito, todas as pessoas deveriam saber disto,algo simples pode salvar milhares de pessoas

  8. Ricardo Miguel
    29-07-2011

    @Bruna, @Bruno:
    Muito obrigado pela vossa participação. De facto é sempre bom espalharmos a notícia.

    Em resposta ao Bruno, a Aspirina (ácido acetil salicílico) ou AAS, acção antiagregante plaquetária, que ajuda na prevenção do enfarte. A aspirina pode prolongar o seu tempo de vida até que chegue ajuda especializada. Como antiagregante plaquetário, a aspirina ajuda a dissolver as placas que entopem as artérias, impedindo o sangue de circular. Mas atenção: a aspirina tem essa indicação na dose de 100 a 325mg. A dose de 500mg que equivale a Aspirina adulto, não tem essa função.

    Abraço e até breve.

  9. Bruna
    22-07-2011

    Uma medida que pode salvar tantas vidas passa desapercebida. Uma bela iniciativa essa. parabens

  10. Bruno
    22-07-2011

    Qual é a explicação para isso ?

1 Trackback

  1. […] Vascular Cerebral (AVC)? – Causas, sintomas e prevenção de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) – Como usar a aspirina em caso de ataque cardíaco? – Dicas naturais para reduzir o […]