Tipos de parede, espessura e montagem de uma parede em tijolo

Neste artigo, vou mostrar os quatro tipos mais comuns de montagem ou construção de uma parede.

Cada um dos tipos de parede tem características diferentes e requer um maior ou menor número de betão e tijolos. Consequentemente, tem também uma maior ou menor estabilidade e robustez.

Como devem saber, o modo de construir uma parede requer algumas regras e técnicas. É lógico, que os tijolos não são colocados ao acaso uns em cima dos outros e, conforme a utilização da parede em questão, esta pode ser construída de formas diferentes.

O número de tijolos necessários, depende da espessura dos tijolos, bem como da espessura das juntas (as uniões) verticais e horizontais existentes entre eles. Normalmente usam-se juntas com 1 centímetro de espessura.

Para construir uma parede, tenha em atenção que os tijolos devem estar bem secos no exterior, mas ligeiramente húmidos no interior. Pode conseguir isto, molhando-os no dia anterior e deixá-los a secar durante a noite. Caso estejam demasiado encharcados, será difícil conseguir uma boa união com a argamassa.

Se pretende guardar os tijolos, faça-o sobre um estrado de madeira e tape-os com um plástico.

Consulte ainda os nossos artigos sobre Como preparar a argamassa, cimento ou concreto e
Como preparar o betão armado, cimento armado ou concreto armado.

Parede à meia vez ou a Parede a meio tijolo:

Parede à meia vez ou Parede meio tijolo É o tipo de parede mais utilizada, sendo também a mais rápida de fazer e a mais fácil ao nível dos cantos. São usados tijolos maciços e tem a vantagem de se fazer poucos cortes no tijolo.

Na parede à meia vez os tijolos são dispostos com a sua parte mais larga virada para baixo.

Este tipo de parede é aconselhável para a construção de divisórias, chaminés, alpendres, garagens, entre outros.

Parede a uma vez ou Parede de um tijolo:

Parede a uma vez ou Parede a um tijolo É um tipo de parede muito sólida e robusta. A sua largura é a mesma que a largura do tijolo e são necessários muitos tijolos para a construção. Têm ainda a particularidade de terem um bom isolamento térmico e conseguem bons resultados ao nível de humidades.

Os tijolos são dispostos com a parte mais larga virada para baixo e são cruzados em cada fileira.

Esta parede pode ser usada para suportar vigas ou um soalho, por exemplo.

Parede de cutelo ou Parede com a face de assentamento visível:

Parede-de-cutelo Neste tipo de parede, podem-se usar tijolos maciços ou tijolos furados. Estes últimos são os mais utilizados em alvenaria e são usados somente neste tipo de parede. Os tijolos são dispostos sobre a sua parte mais estreita e a robustez deste tipo de parede depende da espessura dos tijolos utilizados.

Na parede de cutelo os tijolos são colocados ao alto, ou seja, com a face mais estreita virada para baixo.

É o tipo de parede usado para criar quase todos os tipos de paredes, como por exemplo, as paredes de uma divisão de uma casa.

Parede dupla:

Parede-dupla Uma parede dupla são simplesmente duas fileiras de tijolos à meia vez, unidas por ganchos metálicos que as unem uma à outra. São espaçadas com cerca de 6 a 9 centímetros e o seu espaço interior é revestido de um material isolante.

A sua resistência é igual à das paredes a meio tijolo. São usada cada vez mais na construção das casas, já que oferecem um elevado grau de isolamento térmico e acústico e são as mais eficazes na prevenção de humidades.



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.

12 comentários até agora. Deixe também o seu!

  1. 11-05-2015

    @edimilson cerqueira de lima:
    Obrigado pelo seu comentário e elogio!
    Grande abraço e até uma próxima visita.

  2. edimilson cerqueira de lima
    31-07-2014

    Parabéns pela criatividade e persistência de levar conhecimento de uma forma simples, mas que consegue atingir a satisfação do internauta, inclusive estudo em uma que todos material básico é referente a sua bibliográfico.

  3. Ricardo Miguel
    21-11-2013

    @Douglas:
    Infelizmente os apartamentos dos dias de hoje têm um isolamento sonoro muito a desejar. Caso seja muito incomodativo, pode sempre isolar as paredes com pladur e material próprio para insonorizar.
    Abraço e obrigado pela sua visita.

  4. Douglas
    07-11-2013

    Bom dia comprei um apartamento e as paredes do meu quarto e da sala estão localizadas no corredor interno de acesso das pessoas as paredes segundo a construtora tem 9 cm com o acabamento de gesso vai para 10cm , essa espessura e normal escuto além das pessoas transitando no corredor mais também o barulho insuportável da casa de maquinas dos elevadores pois o apartamento fica no ultimo andar.

  5. 24-04-2012

    @Paulo:
    Pode, por exemplo, usar pladur como divisória.
    Abraço e obrigado pela visita.

  6. Paulo
    04-04-2012

    Quero saber como construir paredes internas sem usar cimento. agradeço desde ja a atençao

  7. 26-11-2011

    @Polliana:

    Encontrei esta informação que deve ser útil para si:

    Qual é a espessura de blindagem que devo usar nas minhas paredes?

    R: As barreiras protetoras para salas de raios-x devem ser calculadas por um físico especialista em um projeto de radioproteção. As salas de radiologia variam de acordo com sua utilização, energia do feixe, quantidade e técnica das radiografias feitas, tipo de equipamento utilizado e grau de ocupação das áreas vizinhas. Estes são alguns mas não todos os parâmetros usados para se estabelecer um memorial de cálculo de blindagens. Este documento é necessário para a obtenção da licença sanitária, ou alvará de funcionamento de todas as clínicas ou unidades de assistência à saúde do Brasil. A legislação qua a regulamenta é a Portaria 453 de 08/06/1998 da ANVISA. Sendo assim, de nada adianta fazer as blindagens das paredes e portas se não houver o documento comprobatório de sua eficácia e a assinatura do responsável pelos cálculos.
    Para fins de estimativa de quantidades pode-se tomar como regra de mão:
    a) Clínicas odontológicas com aparelho periapical costumam ter como blindagem 1,0 cm de argamassa baritada aplicada em toda parede até a altura de 220 cm do piso acabado.
    b) Clínicas com aparelho panorâmico devem aplicar 2,0 cm na direção do feixe e 1,5 cm de espessura de argamassa baritada na direção do feixe espalhado. (Normalmente local do comando do equipamento)
    OBS: Devido ao deslocamento do tubo (feixe primário) por um ângulo de 120° a 180° durante a radiografia, considera-se um semi-círculo representando o feixe primário. (*) DESENHO / Ilustrar.
    Recomenda-se o uso de cabines fechadas para maior proteção do operador neste tipo de equipamento. A porta deve receber uma proteção de 1,5 mm de chumbo, em especial no caso de ser utilizada também como biombo protetor. Este é o caso em que coloca-se (instala-se) um visor na porta e o comando fica do lado de fora, junto com o acesso da sala. Relembrar que o tratamento da legislação (RDC 50/02) exige as mesmas considerações de distância do aparelho às paredes que as aplicadas nos raios-x médicos em geral.
    c) Salas de raios-x de pequeno porte podem considerar para efeito de quantificação de material apenas, o revestimento de 2,0 cm de argamassa baritada para a parede do Bucky e 1,5 cm nas demais, sempre com a altura mínima de 220 cm do piso acabado.”

    Fonte

    Esperamos ter ajudado. Muito obrigado pelo seu comentário e até uma próxima visita.

  8. POLLIANA
    23-11-2011

    nossa muito boa a explicaçao…mais estava proucurando outra resposta quem sabe vcs possam me passar..
    qual a expessura minima de concreto para barrar raios-x e radiaçao gama?

  9. Ricardo Miguel
    21-07-2011

    @Paulo Costa:
    Obrigado Paulo.
    Abraço e até uma próxima.

  10. paulo costa
    21-07-2011

    otimo

  11. 08-03-2011

    Obrigado Luciana pelo seu comentário.
    Ainda bem que este artigo foi útil para si.
    Abraço e até uma próxima visita.

  12. luciana
    26-02-2011

    muito boas as explicações,perfeito …muito obrigada

4 Trackbacks

  1. […] ainda o nosso artigo sobre os vários tipos de parede: parede à meia vez (ou meio tijolo), parede a uma vez (ou parede de um tijolo), parede de cutelo […]

  2. por 5 dicas para reformar sua casa | Dicas Caseiras em 28-06-2011 às 10:41 AM

    […] – Tipos de parede, espessura e construção de uma parede em tijolo […]

  3. […] Veja ainda neste artigo tipos e espessuras de paredes e como montar uma parede em tijolo. […]

  4. […] Se o betão estiver muito líquido, acrescente um pouco mais de cimento e deixe a cuba rodar mais um pouco, verificando novamente. Quando a mistura tiver boa, deite-a num carrinho de mão. Veja neste artigo como preparar a argamassa, cimento ou concreto. Veja ainda tipos e espessuras de paredes e como montar uma parede em tijolo. […]