Como ajudar seus animais de estimação em caso de emergência

Criamos os nossos animais como pessoas da nossa família. Eles são criaturas que estão sempre do nosso lado e que precisam do nosso carinho e apoio. Mas por vezes, eles são como as crianças. Sentem dores, têm problemas de saúde, precisam de cuidados médicos especiais, e claro, precisamos estar aptos para esse tipo de eventualidades. A pensar em si e no seu animal de estimação, o Dicas Caseiras preparou um interessante e importante artigo, onde ensinará a si como prestar os primeiros socorros aos seus pequenos e estimados animais.

Os cães e os gatos, como qualquer outro tipo de animal de estimação, podem se colocar em situações bastante perigosas e sofrer alguns acidentes que precisam de cuidados imediatos e precisos. É importante saber que cada tipo de situação tem uma maneira indicada para ser tratada, por isso, vamos comentar cada uma delas:

Como prestar os primeiros socorros aos seus animais.

Convulsões epilépticas:

Além das pessoas, os animais também podem apresentar epilepsia ou então, apresentarem convulsão originada por alguma doença. Mas há uma pequena diferença. No caso das pessoas, temos a preocupação em não deixarmos a sua língua enrolar, mas no caso dos animais, se isso acontecer, não se preocupe, até porque para eles, isso não causará sufocamento. Por isso, tenha atenção às escoriações. Nesse caso, deite o seu animal em cima de um tapete e faça mimos nele. As convulsões epilépticas duram alguns minutos, mas depois passam. O ideal é deixar o seu animal calmo, daí a dica de fazer mimos nele. Se tiver acontecido somente uma vez, procure imediatamente o seu médico veterinário. Se o seu animal estiver em tratamento, é só seguir as recomendações médicas.

Desmaios e Choques eléctricos:

Antes de qualquer coisa, massaje o tórax do seu animal. Se a respiração do seu bicho de estimação estiver muito fraca, abra a boca e dê umas puxadas na sua língua. Faça isso dentro do carro, a caminho da clínica. Não perca tempo, porque nesse caso, será mesmo muito grave.

 

Picada de insectos:

Se o seu animal de estimação aparecer com as pálpebras, focinho e boca inchada, ele pode ter sido picado por algum insecto ou até mesmo por formigas que vivem perto de si. Nessa situação, leve-o para tomar injecção de antialergénico com máxima urgência.

Médico veterinário

 

Atropelamentos e Queimaduras:

No momento em que seu animal de estimação sofrer algum tipo de queimadura, use bastante água gelada ou simplesmente compressa com gelo e leve-o imediatamente para uma clínica veterinária mais próxima. Dependendo do tipo da queimadura, seu animalzinho precisará de outros cuidados importantes. Se for o caso, do seu bicho ter sofrido um atropelamento, antes de mais tenha calma, é preciso muita calma nesse momento. Há atropelamentos que só acontecerá uns arranhões ou pequenas fracturas, mas de qualquer forma, leve-o sempre no veterinário. Enquanto não chega na clínica tenha atenção em colocar uma focinheira no seu animal já que com a dor ele pode morder. Mesmos traumas “aparentemente” leves, devem sempre ser examinados e medicados por um médico, até porque ele pode sofrer hemorragias internas, e se for esse o caso, pode demorar a dar qualquer sinal.

Conhecia todas estas dicas de como ajudar o seu animal em caso de emergência?



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.

8 comentários até agora. Deixe também o seu!

  1. 20-04-2012

    @Vanessa:
    Antes de mais, muito obrigado pelo seu comentário.
    A melhor atitude que pode fazer é consultar o veterinário, para um diagnóstico correto.
    Este pode ainda receitar vitaminas ou alternativas para alimentar o seu animal.
    Obrigado pela sua visita e até uma próxima oportunidade.

  2. 19-04-2012

    @Vanessa:
    Muito obrigado pelo seu comentário e ficamos muito contentes que tenha gostado.
    Grande abraço e até breve.

  3. vanessa
    18-04-2012

    Uma vez a minha cachorrinha ficou muito doente, nos viajamos e deixamos ela com uma amiga, quando voltamos, ela nao comia, e estava muito fraca, fiquei desesperada, e tentava forçar ela a comer, cozinhava carne e batia no liquidificador, tentava dar com ajuda de uma seringa, fazia soro caseiro, e dava p ela beber, minha vizinha tentou dar ovo cru p ela, e eu nao deixei, quando tava perdendo as esperanças e eu fiz um cha, de uma planta chamada marcelinha eu acho, no outro dia ela amanheceu bem! detalhe: nos chamamos o veterinario, ele passou uns remedios, faziamos ela beber e ela vomitava. Hoje ela esta bem, e cada dia mais linda e esperta =) O que fazer nesses casos, quando o animal nao aceita comer?
    Amo esse blog porque voces sao atenciosos com os leitores sz

  4. vanessa
    18-04-2012

    gostei muito das informações, o blog ta de parabens *-* beijos

  5. 28-11-2011

    @Joaquim:
    Ainda bem que conseguiu ajudar o cachorro. Os animais são grandes amigos e verdadeiros companheiros, leais e que nos podem ajudar muito também.
    Ficamos felizes por ter acabado bem a história. Muito obrigado por nos ter visitado.
    Abraço e até breve.

  6. 26-11-2011

    @Vinicius:
    Obrigado pela sua opinião e por nos ter visitado.
    Abraço e até uma próxima visita.

  7. Vinícius
    14-11-2011

    No caso de queimaduras não seria correto utilizar compressa de gelo já que aumentaria a lesão. Compressa de água corrente da torneira já é o suficiente.

  8. joaquim
    13-10-2011

    Olá, tenho um cão mestiço que num dia demadrugada apareceu gemendo e com o olhos e boca inchados, os mesmos estavam coçando, deixando o cachorro incomodado, sem saber o que aconteceu esperei o pior, fui verificar primeiro o locar onde ele fica, achei inúmeras possibilidades do que poderia ter acontecido, espada de são jorge, bombril, comida envenenada que alguém jogou, fiz o que estava à minha mão, peguei soro fisiológico, lavei bem os olhos e a boca, ainda peguei uma cápsula de antibiótico, inseri dentro de sua boca, passado alguns minutos ele se acalmou e dormiu, sei que fiz o errado, que deveria levar no veterinário, felizmente hojê ele está bem. Ufa, como ele é danado (hiperativo), e só trás alegria, com isso esqueço o meu sedentarismo de começo da eminente 3ª idade,

6 Trackbacks

  1. por Como cuidar de animais domesticos | em 23-08-2014 às 6:56 PM

    […] – Como ajudar os seus animais de estimação em caso de emergência- Dicas de como utilizar o elevador em segurança […]

  2. […] Está preparado para adotar um animal de estimação? – Aprenda como ajudar o seu animal de estimação em caso de emergência – As 4 regras principais de como cuidar dos seus animais de […]

  3. […] Como ajudar os seus animais em caso de emergência? […]

  4. […] – Como ajudar os seus animais de estimação em caso de emergência – Dicas de como utilizar o elevador em segurança […]

  5. […] Recomendamos a leitura do artigo onde falamos sobre algumas dicas importantes de como tratar os seus animais de estimação. Sugerimos ainda que consulte o artigo que fala como ajudar os seus animais de estimação em caso de emergência. […]

  6. […] Como ajudar os seus animais de estimação em caso de emergência – Dicas de como utilizar o elevador em […]