Tipos de cirurgia plástica, vantagens e desvantagens

A cirurgia plástica é cada vez mais comum nos dias de hoje e está mais acessível a todos os tipos de condição financeira. Saiba mais neste artigo sobre os vários tipos de cirurgia plástica e as suas vantagens e desvantagens.

O desejo da perfeição e da eterna juventude é um factor cada vez mais dominante na sociedade de hoje em dia, fazendo com que a medicina estética esteja a crescer mais e mais. O desejo da mudança e de perfeição não é só um desejo feminino, mas também masculino, sendo cada vez mais os homens que procuram a cirurgia plástica.

A pessoa que procura a medicina estética é normalmente da classe média-alta, de meia-idade e que se encontra habitualmente numa fase de mudança profissional, familiar ou até amorosa. O desejo de se destacar faz com que muitas pessoas, mesmo sem condições financeiras, se endividem para conseguir estar melhores com elas mesmas.

Cirurgia plástica - Lifting

Do tabu ao desejo pessoal

As intervenções estéticas já não são tanto um tema tabu como o eram há alguns anos atrás, e prova disso é a adesão cada vez maior a este tipo de cirurgia. O facto desta se ter tornado cada vez mais publicitada e também o facto das novas tecnologias serem menos agressivas e de recuperação mais rápida, fizeram também com que as cirurgias plásticas sejam cada vez mais procuradas por todo o tipo de pessoas.

A publicidade, muitas vezes exageradamente motivadora, provoca também um desejo maior pelo estatuto de beleza social. Cada vez mais as revistas, a televisão e a publicidade, são uma grande influência, incutindo na pessoa o desejo de uma cara jovem e renovada ou de um corpo mais esbelto.

O desejo de melhorar o aspecto e a auto-estima é a principal razão que leva as pessoas a procurarem uma intervenção estética. O facto de nem sempre existir uma auto-aceitação de si mesmo ou de existir um descontentamento com o seu eu ou com a vida, faz também com que homens e mulheres procurem a medicina estética, acreditando que as suas vidas possam melhorar e serem mais felizes com eles próprios.

Cirurgia plástica - mamoplastia

A cirurgia plástica e o psicológico

São poucas as pessoas que têm noção das dificuldades psicológicas que podem surgir numa cirurgia estética, já que não existe uma visão clara das limitações físicas e das suas próprias emoções. O desejo pela mudança física está muitas vezes relacionada com o desejo de uma libertação psicológica ou simplesmente, uma atitude diferente perante a vida.

Por vezes, para a pessoa parece mais fácil optar por uma mudança estética do que comprometer-se em mudar o seu estilo de vida, colocando assim na mudança de visual, a solução para todos os seus problemas, quando na verdade, uma alteração de visual vai proporcionar apenas um alívio a curto prazo, não sendo, neste caso, uma solução para o verdadeiro problema. O que muitas vezes acontece neste tipo de situações, é que, na tentativa de solucionar certos problemas psicológicos e emocionais, a pessoa começa por se submeter a uma cirurgia plástica para melhorar uma parte do seu corpo e mais tarde vai estar à procura de outra parte do corpo para aperfeiçoar, não conseguindo encontrar um equilíbrio e uma solução para o seu problema, que é tudo menos um problema estético.

Por tudo isto, resta salientar a importância que existe em analisar cada caso, para compreender as necessidades de cada pessoa, compreendendo assim o que cada um procura realmente numa cirurgia, se uma solução para as suas angústias ou na realidade procura apenas uma melhoria estética, evitando assim cirurgias que muitas vezes são desnecessárias.

Cirurgia plástica - Botox

Tipos de cirurgia plástica e termos mais usados na medicina estética:

São muitos os tipos de cirurgia plástica e termos usados na medicina estética. Para finalizar, vamos de seguida explicar o que significam alguns termos usados na cirurgia estética:

  • Abdominoplastia: É o tipo de cirurgia plástica associada à zona abdominal. Diferente da lipoaspiração, esta cirurgia consiste em reduzir a pele flácida da região do umbigo e ainda das estrias localizadas entre o umbigo e os pêlos púbicos.
  • Bioplastia: É uma técnica não cirúrgica, que consiste em colocar implantes de origem biológica ou sintética, para recuperar partes do rosto ou do corpo.
  • Blefaroplastia: Este tipo de cirurgia plástica é usada para aperfeiçoar as zonas das pálpebras e os papos nos olhos.
  • Botox: Esta técnica tão falada nos dias de hoje, serve para preencher sulcos e rugas, por meio de formas injectáveis de toxina botulínica purificada.
  • Lipoaspiração: A famosa lipoaspiração, é usada para remover gordura em excesso, da parte por debaixo da pele.
  • Mamoplastia: Esta cirurgia plástica tem como finalidade corrigir assimetrias ou aumentar o volume das mamas, através da introdução de próteses de silicone.
  • Mastoplastia de redução: Ao contrário da mamoplastia, a mastoplastia tem como finalidade reduzir o volume das mamas.
  • Mentoplastia: É o tipo de cirurgia plástica para correcções ao nível do queixo.
  • Otoplastia: Esta cirurgia plástica é realizada para correcções nas orelhas.
  • Peeling: O famoso peeling é uma técnica de bioplastia para aclarar a pele e torná-la mais jovem, quimicamente ou através de laser.
  • Rinoplastia: Muito requisitada, esta intervenção plástica serve para correcções ao nível do nariz.
  • Ritidectomia ou Lifting: É o tipo de intervenção usada no rosto e pescoço, para a remoção do excesso de gordura ou corrigir peles que estão descaídas.

Esperamos ter ajudado a esclarecer e ajudar alguns leitores, que estavam indecisos em realizar algum tipo de cirurgia plástica. Há que ponderar e avaliar os riscos e benefícios e se isso fará de si uma pessoa mais feliz consigo mesma.

 



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.