Pé de atleta – Sintomas, contágio e prevenção

O que é o pé de atleta? Como é que somos contagiados? Quais os sintomas? Como podemos prevenir esta doença?

O que é o pé de atleta?

O pé de atleta é uma infecção causada por um fungo (das espécies T.rubrum, T.mentagrophytes ou E.floccosum) que provoca vermelhão nos pés. Quanto mais quente e húmido o ambiente, maior é a capacidade de proliferação dos fungos.

Esta patologia é altamente contagiosa, embora a fonte mais comum seja o ambiente e não o próprio pé. Estima-se que 21% da população adulta seja afectada pelo pé de atleta.

O facto de esta patologia se chamar pé de atleta é porque é mais frequente em atletas.

Esta doença é considerada crónica por parte de alguns médicos, visto que a partir do momento que se tem pé de atleta uma vez, existe uma grande probabilidade de a ter de novo.

 

Como é que somos contagiados com pé de atleta?

O contágio acontece frequentemente em locais como piscinas e balneários públicos ou através de toalhas contaminadas que foram mal lavadas. Alguns tipos de calçado, como as sapatilhas ou os ténis, são um bom local para o fungo se desenvolver, visto que possuem um ambiente húmido e quente, e como existe contacto com a pele dos pés, há grande probabilidade de contágio.

 

Aspecto do pé de atleta

Quais são os sintomas do pé de atleta?

O conhecimento dos sintomas do pé de atleta é extremamente importante, pois permite-nos tratar a doença atempadamente. Os sintomas até à data conhecidos são:

  • Na zona afectada existe um vermelhão e por vezes pele rachada;
  • Sensação de ardor ou comichão na área da infecção;
  • Crostas e bolhas na área da infecção;
  • Dificuldade ao caminhar;

A zona mais comum de infecção são os pés, mas existem casos de infecção nas mãos. Todos os sintomas, excluindo a dificuldade ao caminhar, se verificam quando a infecção acontece nas mãos.

Caso o pé de atleta não seja tratado, abrem-se fissuras e a sensação de desconforto e dor aumentará. Uma das agravações mais frequentes nesta patologia é o contágio do fungo nas unhas, provocando assim a onicomicose. A onicomicose provoca a alteração da cor, da espessura e do formato da unha.

 

Se tiver dores nos pés, consulte o nosso artigo 16 dicas para as dores nos pés

 

Como podemos prevenir o pé de atleta?

A prevenção é muito importante para evitar esta infecção. Os comportamentos preventivos a adoptar são:

  • Evite andar descalço em locais públicos – piscinas, balneários, etc;
  • Lave as roupas que estiverem em contacto com micoses a 60ºC e, caso pretenda, utilize um produto anti-fungos na sua máquina de lavar;
  • Utilize calçado que deixe o pé respirar de modo a não criar um ambiente húmido. Para evitar que micoses de desenvolvam pode, por exemplo, utilizar um spray ou pó anti-fungos no seu calçado;
  • Tenha uma higiene cuidada dos seus pés utilizando pomadas, cremes, indo à pedicura, etc;
  • Esteja atento a eventuais ferimentos que possam favorecer a entrada de fungos;
  • Sempre que necessitar de utilizar roupa e calçado que não seja ou seu, certifique-se que todas as peças de roupa e calçado foram devidamente lavadas e desinfectadas;
  • Se tem pé de atleta, antes de vestir a roupa interior, calce primeiro as meias, assim irá prevenir o contágio de outras zonas;
  • Faça uma lavagem aos pés com água e sabão ou Betadine® Espuma;
  • Após uma lavagem dos pés, seque bem os pés e o espaço entre os dedos sem esfregar;
  • Mantenha os pés sobre observação para detectar caso acontece alguma alteração da pele e das unhas;
  • Troque de meias todos os dias;
  • Não utilize meias feitas de materiais sintéticos, opte sempre por algodão ou fibras naturais.

Esperamos ter ajudado! Tenha muita atenção a todas as alterações do seu corpo. Não deixe o fungo proliferar. Previna e cuide da doença atempadamente.



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.

2 comentários até agora. Deixe também o seu!

  1. 10-07-2012

    @Bruno:
    Obrigado também Bruno pelo seu comentário e ainda bem que gostou das nossas dicas.
    Abraço e até uma próxima visita.

  2. 15-05-2012

    Muito boas as dicas,nunca tive Pé de Atleta mas é sempre bom estar informado.obrigado.

1 Trackback

  1. […] Pé de atleta – Quais os sintomas, como se prevenir e como resolver este problema […]