Frutos secos, alimentos ricos para a saúde

Hoje vamos falar da importância que os frutos têm na alimentação. Muito ricos em proteínas, os frutos secos têm muitos benefícios para a saúde, como explicamos no artigo de hoje.

Há tempos falámos na importância de consumir figos frescos ou secos. Também já abordámos porque é importante a ingestão de soja, a importância de usar ervas aromáticas na alimentação, os benefícios da planta da camomila e porque é saudável incluir a banana na alimentação.

 

No artigo de hoje vamos abordar as vantagens de ingerirmos frutos secos, como as nozes, as avelãs, os figos, as passas, entre muitos outros.

Com o passar das décadas e com o aumento da variedade na alimentação, parece que o consumo de frutos secos foi relegado para as épocas festivas, em especial no Natal. Nessas alturas, as mesas enchem-se de inúmeras variedades de frutos secos, desde os de casca dura, como as nozes, avelãs e amêndoas, até às ameixas, uvas-passas e figos.

E assim, terminadas as festividades e comido o bolo-rei, os frutos secos são arrumados até ao próximo evento festivo. Ou então, até à próxima receita de bolo ou tarte.

Porém esta é uma acção (ou ausência!) profundamente prejudicial à nossa saúde! Os frutos secos são alimentos riquíssimos e são os principais fornecedores de proteínas, podendo inclusive substituir a carne. Portanto, é importante sublinhar este aspecto: os frutos secos são ricos em gordura e proteínas completas e ultrapassa, neste aspecto, todos os produtos vegetais, com excepção das sementes de soja.

 

Bolo Rei - frutos secos - alimentação

O que podemos encontrar nos frutos secos?

Como alimentos ricos e bastante completos, os frutos secos são alimentos de excelência e que devem fazer parte de qualquer dieta. Claro está que devem ser consumidos com moderação, em especial por quem sofre de problemas de obesidade, mas as suas desvantagens são infinitamente menores do que as vantagens.

Na composição da maioria dos frutos secos, as matérias minerais excedem em 2% as demais frutas. Portanto, estão em destaque o fósforo, o enxofre e o potássio.

A maioria da gordura nos frutos secos é monoinsaturada e polinsaturada. E esta última, em particular, baixa o mau colesterol – o LDL – e os níveis de lípidos no sangue.

Têm ainda uma grande quantidade de vitamina E, poderoso antioxidante, de vitamina B, de ácido fólico, que ajuda a prevenir o aumento de um aminoácido – a homocisteína -, que é um factor de risco para a doença cardíaca e o magnésio, que ajuda a controlar a pressão sanguínea.

Depois de tudo isto, como podemos ignorar de forma tão ostensiva os frutos secos? Porque é que eles não fazem parte da nossa dieta diária?

 

E, para que seja ainda mais evidente a vantagem em consumir os frutos secos em detrimento de doses tão elevadas de alimentos animais, aqui estão alguns dados que importa ter em conta:

 

500 g de nozes correspondem a:

– 1,5kg de presunto magro

– 2 kg de perna de cordeiro

– 2 kg de nata concentrada

– 2,5 kg de ovos

– 2,75 kg de vitela

– 3kg de frango

– 4,75 kg de leite

 

 

frutos-secos-nozes-avelas-figos-passas

 

Quais as vantagens do consumo de frutos secos?

Depois de termos visto tudo o que podemos encontrar nos frutos secos, é fácil entender que só podem fazer muito bem à saúde! Mas convém sublinhar as principais vantagens, para a nossa saúde, do seu consumo em quantidades adequadas.

No início da década de 1990, um estudo de dimensões assinaláveis constatou que consumir uma porção de frutos secos, pelo menos mais do que uma vez por semana, protegia as pessoas de sofrerem enfarte do miocárdio e cerebral. Aliás, quanto maior a quantidade e frequência do consumo, maior a protecção.

A maioria dos estudos que se seguiram, para além de confirmar estas conclusões, acrescentou ainda que o consumo frequente de frutos secos tem um efeito positivo na saúde cardiovascular nos homens, mulheres, idosos e crianças, para além das pessoas com ou sem hipertensão arterial.

 

Artigos recomendados:

A importância de consumir figos frescos ou secos
Os benefícios de incluir a soja na alimentação
Ervas aromáticas e a sua importância na alimentação
Os benefícios da planta da camomila
Porque é importante incluir a banana na alimentação

 

A ingestão de frutos secos pode ser igualmente um importante aliado no combate de doenças. É aconselhável a ingestão de avelãs a crianças com anemia, uma vez que os frutos secos têm um nível assinalável de ferro. Assim, ele é um poderoso meio para fomentar a função da medula, ou seja, a formação de hemoglobina.

Por outro lado, o conteúdo de enxofre dos frutos é igualmente importante para o metabolismo e para as actividades antitóxicas do fígado.

Por último, não podia faltar uma referência à importância do consumo de frutos frescos por parte dos desportistas. A falta de matérias excitantes e tóxicas que dificultam o metabolismo e produzem sede, a leve carga que exercem sobre os órgãos digestivos e o conjunto de substâncias energéticas e minerais, fazem com que os frutos secos, e a noz mais concretamente, sejam um alimento excepcionalmente apropriado para todos os que fazem desporto.

 

E o leitor, consome frutos secos? Se sim, quais os seus favoritos?



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.

2 Trackbacks

  1. […] Frutos secos – porque são tão importantes para a saúde? – Aprenda algumas dicas de como cozinhar de forma mais saudável – Conheça 10 alimentos que deve […]

  2. […] a ter com os aditivos na alimentação; – Dicas para tornar os seus cozinhados mais saudáveis; – A importância de ingerir frutos secos; – Porque é tão importante o pequeno-almoço; – As vantagens de usar ervas aromáticas na […]