O que comer e o que evitar comer durante a gravidez

Para além dos cuidados alimentares que as mulheres grávidas devem ter devido à possível infecção por toxoplasmose, existem muitos outros que não se devem descurar. 

Como sabe, é muito importante que tenha bastante atenção sobre que alimentos comer, que alimentos evitar e como deve ser a sua alimentação durante a gravidez. Uma alimentação equilibrada, nesta fase da sua vida, é extremamente importante, pois ajuda a diminuir as complicações durante a gravidez e a dar à luz um bébé saudável.

 

Análises clínicas e suplementos alimentares

Primeiro que tudo, é importante realizar análises clínicas detalhadas e mostrá-las ao seu ginecologista, de modo a que se possa aferir determinadas carências alimentares a serem corrigidas. Consoante as carências que registar, o seu médico poderá prescrever certos suplementos alimentares de modo a corrigir o problema.

Logo que uma gravidez é diagnosticada, é comum ser prescrito pelo ginecologista um suplemento de ácido fólico, sendo preferivel, contudo, que a sua ingestão se inicie antes das primeiras tentativas para engravidar.

A partir dos três meses de gravidez é também usual ser prescrito pelo ginecologista um suplemento de ferro, principalmente se costuma possuir valores baixos deste mineral. No entanto, esta deve ser uma opção do médico em função das suas análises clínicas, de modo a evitar consumos exagerados.

 

Comer com regularidade

Muitas mulheres ficam apreensivas com a fome que sentem durante a gravidez, outras sentem-se tão enjoadas que nem conseguem sequer pensar nas refeições. Seja qual for o seu caso, é importante que não salte refeições, que tome sempre o pequeno-almoço e que coma com regularidade ao longo do dia.

O ideal é que faça cerca de 7 refeições diárias (por exemplo se jantar muito tarde deverá fazer dois lanches) e que o jejum nocturno não ultrapasse um total de 8 horas.

 

Durante a gravidez deve evitar comer doces e refrigerantes

 

O que evitar e moderar durante a gravidez

– Não consuma álcool, nem mesmo em pequenas quantidades.

– Evite as gorduras e os alimentos fritos.

– Modere o consumo de café e chá preto devido à ingestão de cafeína (segundo alguns autores esta deve mesmo ser evitada, devido a estar associada a abortos).

– Modere o consumo de açucar, de doces e de bebidas açucaradas que podem interferir com o sistema imunitário.

– Evite o consumo de fígado, que pode conter demasiada vitamina A, associada a a deficiências fetais na gravidez.

– Não comer queijos de pasta mole ou queijos frescos por causa da listeriose –  intoxicação alimentar causada pela ingestão de alimentos contaminados com a bactéria Listeria monocytogenes.

– Evite alimentos enlatados e muito codimentados.

– Evite o consumo de marisco e frutos do mar, devido à salmonelose – infecção alimentar causada pela bactéria salmonella.

– Evite comer ovos crus ou mal passados devido à salmonelose, como por exemplo: os ovos estrelados mal passados, a mousse de chololate verdadeira e o salame de chocolate, etc.

 

Durante a gravidez deve beber muita água

 

O que deve consumir durante a gravidez

– Beba água em abundância no intervalo das refeições (o ideal é cerca de 1,5 litros por dia).

– Deve consumir 3 copos de leite por dia ou, em alternativa, iogurte (cada copo de leite equivale a 2 iogurtes) ou queijo (cada copo de leite equivale a duas fatias).

– Deve ingerir diariamente pão, de preferência escuro ou de mistura (duas fatias por dia).

– Deve comer diariamente fruta no intervalo das refeições principais.

– Comer sempre carne ou peixe (bem passados ou cozinhados) ao almoço ou ao jantar (no caso de ser vegetariana deve procurar alternativas com o seu médico) ou em substituição 2 ovos.

– O acompanhamento das refeições deverá ser legumes ou salada de tomate sem pele e um dos seguintes ingredientes: batatas, arroz, massa, feijão, grão, favas ou ervilhas. Os espargos, os bróculos, o abacate e os espinafres são alimentos indispensáveis para a saúde da placenta.

– Coma sempre sopa ao almoço e jantar.

 

Para além destas recomendações, que são as mais frequentes, deve falar com o seu médico sobre o seu caso em particular e sobre a melhor forma de conseguir uma alimentação equilibrada. E partilhe connosco alguma recomendação adicional que possua!

 



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.

2 comentários até agora. Deixe também o seu!

  1. 06-07-2012

    @Marcia Parente:
    Obrigado Marcia pelo seu comentário e ainda bem que gostou do artigo!
    Até breve 🙂

  2. 06-07-2012

    Excelentes dicas á serem seguidas nesse momento tão especial para a mulher.Cuidar da alimentação é essencial para a saúde e bem-estar da gestante e do bebê.Um grande abraço e que Deus lhe abençoe!

4 Trackbacks

  1. […] – Alimentação durante a gravidez e como evitar a toxoplasmose – O que comer e não comer durante a gravidez […]

  2. […] contra as infecções. Se está grávida, aconselhamos a leitura do artigo em que falamos sobre o que comer e não comer durante a gravidez e o artigo em que são abordados os perigos da diabetes […]

  3. […] a gravidez. Sugerimos que leia qual a melhor alimentação que deve seguir enquanto está grávida, o que deve comer e o que não deve comer durante a gravidez e ainda como diagnosticar e tratar a diabetes durante a […]

  4. por O que é a diabetes gestacional | Dicas Caseiras em 18-10-2012 às 10:40 AM

    […] O que é a diabetes melitus? – O que comer e não comer durante a gravidez – Alimentação na gravidez e como evitar a taxoplasmose – 10 super alimentos para a sua dieta e […]