Que tipo de protector solar usar e como se proteger do sol

Já sabemos que na altura do Verão devemos ter cuidados a redobrar com a pele para prevenir eventuais danos resultantes da exposição solar. Neste artigo, vamos abordar a importância da protecção solar e indicar alguns cuidados essenciais que deve ter com o sol, sem ter de o evitar.

Falámos no último artigo sobre como deve evitar um escaldão solar e como tratá-lo, caso tenha se excedido na exposição ao sol. No artigo de hoje vamos abordar que cuidados deve ter durante a exposição ao sol, quais os danos que uma exposição prolongada podem causar e ainda porque se deve usar protector solar e qual o grau de protecção adequado para cada tipo de pele.

 

Raios ultravioleta - UV - graus de radiação ultravioleta

 

O que é a radiação solar?

Os raios ultravioleta (UV) são um tipo de radiação emitida pelo sol. Apesar dos seus benefícios para o ser humano, os raios UV são nocivos pois provocam doenças na pele. Os raios ultravioleta podem ser divididos em três:

  • Raios ultravioleta UVC, que são filtrados pela camada de ozono e impedidos de atingir a superfície terrestre;
  • Raios ultravioleta UVB, que são responsáveis por queimaduras, insolação e predisposição ao cancro da pele;
  • Raios ultravioleta UVA, que causam bronzeamento, manchas, envelhecimento precoce, rugas, flacidez e cancro da pele.

 

Que danos pode o sol causar na pele?

Para além de a exposição solar excessiva ser a principal causa de cancro da pele, também pode causar:

  • Lesões pré-cancerígenas
  • Tumores benignos
  • Flacidez da pele
  • Rugas
  • Sardas
  • Descoloração amarelada da pele
  • Dilatação de pequenos vasos sanguíneos

 

exposicao-solar-bronzear-raios-ultravioleta-queimadura-solar

 

Para que serve o protector solar?

Os filtros solares têm como função aborver os raios UV impedindo que estes danifiquem a pele.  Estes podem ser filtros físicos, que reflectem e espalham os raios UV, ou químicos, que absorvem os raios antes de penetrarem na pele.

O FPS (Factor de Protecção Solar) é o grau de protecção contra os raios UVB. Esse número é o tempo que a pessoa pode ficar exposta sem se queimar. Por exemplo, se uma pessoa utiliza um FPS 15 significa que 150 minutos depois, começa a queimar a pele.

De qualquer forma, é aconselhável renovar a aplicação de duas em duas horas ou depois de cada banho, de forma a garantir uma protecção eficaz. E verifique sempre se o seu protector também protege contra os raios UVA.

 

Qual é a protecção adequada para mim?

A escolha do protector solar mais adequado depende do tipo de pele. Deve ser ter no mínimo FPS 15 e ser de amplo espectro, isto é, deve bloquear as duas formas de radiação ultravioleta nocivas para a pele, UVA e UVB.

 

Segundo a classificação de FitzPatrick, os fototipos cutâneos – a caracterização da pele quanto à sua coloração e reacção à exposição solar – dividem-se em seis tipos:

 

  • Fototipo I: pele muito clara, cabelo louro ou ruivo, que queima com facilidade mas não se bronzeia.  Deve usar uma protecção solar muito alta (50).
  • Fototipo II: pele clara, cabelo louro ou castanho e olhos azuis, que queima facilmente e bronzeia modera e uniformemente. Deve usar protecção alta (30 a 50).
  • Fototipo III: pele branca, cabelos castanhos escuros ou pretos, a pele queima e bronzeia progressivamente. Deve usar protecção média (20).
  • Fototipo IV: pele média, cabelo castanho e olhos castanhos, que raramente fica queimada e bronzeia com facilidade. Deve usar protecção média (15).
  • Fototipo V: pele média a escura, cabelo castanho ou preto, que bronzeia com rapidez sem se queimar. Deve usar protecção média (15).
  • Fototipo VI: pele escura, cabelo preto, que não queima e bronzeia sempre. Ainda assim, recomenda-se uma protecção média (15).

 

Aplicação de protector solar na pele - evitar queimaduras do sol

 

Que outros cuidados devo ter?

  • Evite a exposição solar excessiva e entre as 10h e as 16h;
  • Beba muitos líquidos;
  • Evite os solários;
  • Ao ar livre utilize sempre chapéu, protector e óculos de sol;
  • Deve aplicar o protector solar 30 minutos antes da exposição ao sol;
  • Durante a gravidez, evite a exposição solar excessiva;
  • Não use um protector solar fora de prazo;
  • Utilize um protector solar para o corpo e outro específico para o rosto uma vez que a pele nesta zona é mais sensível;
  • Proteja as crianças nas horas em que há maior concentração dos raios ultravioleta;
  • Utilize um bom creme after sun para hidratar a pele depois da exposição ao sol;
  • Nos dias nublados também deve proteger-se.

 

A ingestão de alimentos ricos em betacaroteno, como a cenoura ou a abóbora, ajudam o organismo a proteger-se dos efeitos nocivos dos radicais livres. Existem protectores solares, bebidas e suplementos ricos neste nutriente que ajudam a proteger, ao mesmo tempo que potenciam o bronzeado.

Siga as nossas dicas e desfrute de uma exposição solar em segurança, até porque apanhar sol com frequência também apresenta benefícios para a sua saúde, tal como falamos no nosso artigo sobre a importância e as vantagens de apanhar sol.

 



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.

2 comentários até agora. Deixe também o seu!

  1. 31-01-2013

    @Larissa:
    Não concordo com a sua opinião, já que existem muitas pessoas que gostam de ter sardas.
    Este artigo serve, no entanto, para ajudar aquelas pessoas que se sentem menos confortáveis com as sardas.
    Muito obrigado pela sua opinião e volte sempre!

  2. 06-12-2012

    QUE COISA CHATA É TER SARDAS, SE CUIDEM GENTE PORQUE É MUITO RUIM TER SARDAS

3 Trackbacks

  1. […] que não ganhe peso nas férias e devido à elevada exposição solar , aumente a ingestão de água, chá e sumos naturais. Além de refrescar também a ajuda a manter […]

  2. […] das rugas está relacionado com o envelhecimento da pele em consequência da idade ou por exposição excessiva ao sol. O entupimento dos vasos responsáveis pela irrigação da pele impede que o sangue alcance as […]

  3. […] referiram que uma das soluções para evitar o herpes é a protecção dos lábios de traumas como queimaduras solares ou exposição ao […]