Conheça os benefícios das malaguetas

As malaguetas são conhecidas pelas suas características afrodisíacas, sendo muitas vezes chamadas de tempero do amor. São também consideradas um importante alimento na defesa do sistema imunitário porque as suas características têm capacidade para estimular a circulação sanguínea e irrigar os órgãos, no entanto apesar de todos estes componentes protetores para a saúde, comer comida picante não é um ato para todos.

Porque há pessoas que gostam de picante?

Mas sabia que há uma explicação para aquelas pessoas que gostam da comida realmente picante? A sensação de ardor desencadeada pelo picante é causada por um elemento denominado por capsaicina, responsável por libertar substâncias analgésicas, como as endorfinas, fazendo com que a pessoa se sinta bem.

 

Efeitos benéficos da malagueta para a saúde

Alivia a dor

Estudos comprovam que quando a capsaicina é utilizada tanto por via oral como por aplicação local tem capacidade para reduzir a inflamação de dores relacionadas com artrite reumatóide e fibromialgia.

 

malaguetas-piri-piri-picante

 

Previne o cancro

Os efeitos anti-cancerígenos e quimio-preventivos da capsaicina estão associados à sua capacidade de prevenir a proliferação e a migração celular, bem como de travar a propagação das células tumorais.

Conheça os melhores alimentos para prevenir o câncro/câncer.

 

Fazem emagrecer

Estudos comprovam que a ingestão de malaguetas está associado à perda de peso, porque a capsaicina têm a capacidade de regular o metabolismo, fazendo com que se verifique um aumento do gasto energético e uma consequente redução da gordura corporal. Apenas 6 gramas de pimenta podem queimar até 45 calorias.

Segundo alguns estudos a capsaicina tem também capacidade para estimular o sistema nervoso, o que faz com que se verifique uma liberação das hormonas noradrenalina e adrenalina, provocando uma crescente redução de calorias, proteínas e gorduras na refeição seguinte.

Apesar de a capsaicina ter apresentado resultado satisfatórios no combate à obesidade em ratos, são necessários mais pesquisas para confirmarem estes resultados, e para definirem qual é a quantidade necessária para este componente atuar livremente e responsavelmente na saúde das pessoas.

Conheça algumas dicas de como ficar em forma para o Verão e saiba ainda porque engordamos e como evitar a obesidade.

 

Curiosidades sobre as malaguetas

O picante de uma malagueta mede-se em unidades Scoville, isto porque foi o senhor Wilbur Scoville que em 1923 criou uma escala capaz de calcular o nível de picante das malaguetas. O grau científico desta escala não é rigoroso porque a classificação do picante tem por base a subjetividade humana, por isso foi necessário encontrar outro mecanismo de medida. Assim sendo, hoje em dia a avaliação é feita por cromatografia líquida porque este mecanismo permite identificar quais são os compostos picantes existentes em cada malagueta.

– As sementes são as principais responsáveis pelo ardor. Caso queira utilizar menos picante na culinária, opte por utilizar apenas a casca.

– Para calmar a sensação de boca e língua a arder beba leite ou algum dos seus derivados. A caseína, substância presente no leite, elimina a capsaicina dos recetores nervosos localizados na boca.

– A capsaicina pode impedir a coagulação do sangue, devido à presença de vitamina E e C

– Segundo o livro do Guiness o pimento mais picante do mundo chama-se Trinidad Scorpion Butch T, e é originário da Trinidad e Tobago, sendo aconselhável colher com luvas e preparar com máscara protetora.

 

Saiba tudo isto sobre as malaguetas e o seu poder curativo?



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.

1 Trackback

  1. […] Fonte: Dicas Caseiras […]