Os 10 exames médicos mais importantes que as mulheres devem fazer anualmente

A maioria das mulheres só consulta um médico ou ginecologista quando sente que algo está mal na sua saúde. No entanto esta atitude não é a mais correcta. O melhor a fazer é prevenir-se, fazendo exames médicos regulares, pelo menos uma vez por ano.

As doenças que mais atacam as mulheres são o cancro da mama e o cancro do colo do útero, por isso, fazer uma mamografia e consultar um ginecologista pode ajudar na prevenção da doença.

O exame cardiovascular também é de extrema importância uma vez que, segundo alguns estudos, o número de enfartes nas mulheres tem vindo a aumentar nos últimos anos.

Por estas razões, o Dicas Caseiras dá-lhe a conhecer os 10 principais exames médicos que deve fazer todos os anos.

 

Ginecologista

No início da puberdade, o sistema reprodutivo da mulher sofre diversas modificações, pelo que, mesmo que ainda não tenha iniciado a sua vida sexual, deverá consultar um ginecologista a fim de perceber se essas modificações podem ser prejudiciais para a sua saúde.

É ainda importante ter em conta que todas as mulheres que já tiverem iniciado a sua vida sexual, devem reforçar a sua atenção fazendo exames com mais regularidade, pois estão mais expostas a infecções que podem afectar o colo do útero.

 

Mamografia

O primeiro exame deve ser feito aos 35 anos, para ajudar a identificar nódulos que possam potenciar o desenvolvimento de cancro.

Após o primeiro exame, a mamografia deve ser efectuada, pelo menos, uma vez por ano. No entanto, se existirem casos de cancro da mama na família, a mulher deverá efectuar este exame mais cedo e mais frequentemente.

Faça um auto-exame ao cancro da mama e saiba ainda como se prevenir e quais os principais sintomas.

 

Ultra-som transvaginal

Este exame permite detectar quistos nos ovários ou até tumores. O seu médico pode indicar-lhe que faça este exame, caso sejam detectados indícios destas anomalias e, por isso deve estar atenta aos principais sintomas estranhos do seu organismo.

Após a menopausa, este exame é quase obrigatório e deve ser feito com bastante frequência.

 

osteoporose-doenca-degenerativa-dos-ossos

 

Densitometria óssea

Sabemos que a partir de uma certa idade, os nossos ossos começam a dar sinais de fraqueza e sensibilidade. A densimetria óssea pode ajudá-la a identificar e a prevenir a osteoporose. As mulheres com elevado risco desta doença, assim como as que estão na menopausa sem reposição de hormonas, devem realizar este exame com mais regularidade.

Conheça a grande importância da soja na sua alimentação bem como as ricas propriedades e benefícios do grão-de-bico.

 

Colposcopia

É ideal fazer este exame quando se inicia a vida sexual mas, na maioria das vezes, ele apenas é indicado quando existem resultados suspeitos no exame do Papanicolau.

O recomendado é que faça a colposcopia uma vez por ano, para que sejam detectados ferimentos na vagina, vulva ou no colo do útero.

 

Ultra-som mamário

Se tiver algum sintoma de dor na mama, por mais pequena que seja, consulte o seu médico. Certamente, ele irá indicar-lhe que faça o exame de ultra-som mamário, que permite identificar quistos e cancro da mama.

 

Hemograma

Este é, sem dúvida, um exame importante que se deve fazer com regularidade. Ele permite saber qual o funcionamento do seu corpo e das suas células e plaquetas. Além disso, o hemograma permite detectar inflamações, infecções e anemias.

 

analises-sangue-sorologia

 

Sorologia

As doenças sexualmente transmissíveis são, infelizmente, bastante comuns e, normalmente, os seus portadores não apresentam sintomas, levando-os a achar que não possuem qualquer doença deste tipo. Por este motivo, a sorologia é um exame de extrema importância que deve ser feito sempre que possível, mesmo que não seja diagnosticada qualquer doença.

Este exame permite detectar doenças como a hepatite, a sífilis ou o HIV.

 

Urocultura

As infecções urinárias afectam a maior parte das mulheres. Os seus sintomas são, normalmente, a dificuldade em urinar, ardor e incómodo. Por isso, se tiver algum destes sintomas, faça o exame de urocultura.

Este é um exame simples que poderá ajudá-la a detectar as infecções urinárias e a prevenir posteriores infecções vaginais.

Conheça dicas importantes de como prevenir e fazer o tratamento de infecções urinárias.

 

Electrocardiograma

O número de enfartes nas mulheres tem vindo a aumentar nos últimos anos. Se não existem pessoas na sua família com doenças cardiovasculares, é indicado que faça o primeiro electrocardiograma a partir dos 50 anos, com uma frequência anual. Por outro lado, se existem casos de doença na sua família, deverá fazer este exame o quanto antes e com regularidade.

As doenças cardiovasculares podem ter origem em diversos factores como o stress, o tabaco e as dietas desequilibradas.

 

O Dicas Caseiras espera que este artigo a ajude a melhorar a sua qualidade de vida e a prevenir as doenças mais comuns entre as mulheres. Partilhe este artigo com as suas amigas e familiares!

 



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.