Como proteger a mobília dos arranhões do seu gato

Ter um gato em casa é muito divertido até eles começarem a destruir sofás, mesas ou tapetes ao afiar as unhas. Nestas alturas é preciso saber como proteger a nossa mobília sem privar o gato dos seus hábitos felinos. O primeiro passo será compreender porque têm os gatos esta necessidade de arranhar a mobília. Depois de entender a natureza do nosso bichano é mais fácil encontrar a solução certa para salvar os sofás e afins. Leia este artigo e aprenda truques fáceis e práticos para levar o seu gato a deixar os seus móveis em paz.

 

Compreender o gato

Os gatos têm a necessidade de arranhar para libertarem bocados de unhas que estejam soltos ou partidos. Desta forma, eles mantêm as garras afiadas e saudáveis. O movimento alongado que o gato faz ao arranhar os móveis também contribui para o alongamento e fortalecimento dos seus músculos. Se não fizerem estes exercícios de espreguiçamento, os gatos podem ficar com os músculos atrofiados, o que traz graves problemas de saúde.

No caso do gato ser macho, as arranhadelas pela casa também podem funcionar como marcação de território. Os gatos têm glândulas odoríferas nas patas que marcam os locais com um odor impercetível para os humanos, mas muito forte para os outros gatos. Também existe a hipótese do seu gato “atacar” o sofá ou a cadeira onde o seu dono se costuma sentar. Desta forma, o gato está a marcar o dono como seu.

 

gato-unhas-arranhadores

 

Adquirir novos arranhadores

Qualquer que seja a razão para o seu gato arranhar os móveis, o importante é arranjar-lhe alguns substitutos pois ele vai ter de arranhar qualquer coisa. Compre ou faça você mesmo alguns arranhadores para gatos que podem ser postes ou superfícies que se fixem às paredes ou sofás. Os arranhadores devem ser feitos de um material grosseiro como corda, cartão grosso ou restos de carpete áspera.  As superfícies demasiado suaves não irão despertar o interesse do gato. Se tiver uma varanda, tente arranjar um pedaço de um tronco de árvore para o gato arranhar. É nas árvores que os felinos selvagens afiam as suas garras e este instinto mantém-se presente nos gatos domésticos. Lembre-se de que os arranhadores devem ser altos verticalmente para que o gato se possa espreguiçar à vontade.

 

Não deixe de ler estes artigos importantes

 

Escolher a localização dos arranhadores

Coloque os arranhadores perto dos locais onde o gato já costuma arranhar. Isto irá alterar um pouco a decoração da sua sala, mas é essencial para que o gato aprenda a utilizar o arranhador. Quanto maior for a sua casa, mais arranhadores terá de ter. Se o seu gato é macho coloque os arranhadores nas divisões de maior movimento, vai ser aí que ele vai querer marcar território.

 

Arranhadores de parede para os gatos afiarem as unhas

 

Treinar o gato

Se nota que o seu gato prefere as peças de mobília onde o dono passa a maior parte do tempo, experimente colocar uma peça de roupa sua no arranhador. Ele irá reconhecer o cheiro do dono e sentir-se-á atraído pelo arranhador.

Deixe o gato descobrir o arranhador por si mesmo. Como animal curioso que é, instintivamente o gato vai querer experimentar o arranhador. Se ele não se mostrar interessado ou não perceber o propósito do objeto, mostre-lhe com as suas próprias unhas como é que ele deve fazer. Pode tentar pegar nas patas do gato e fazer o movimento de arranhar mas normalmente isto não resulta muito bem, já que os gatos não gostam de ser obrigados. Nas primeiras vezes que o seu gato vai utilizar o arranhador.  dê-lhe festas e acaricie-lhe o pelo, ele vai gostar.

Se o maroto voltar a arranhar os sofás, diga-lhe “NÃO!” de uma forma firme, borrife-o com água ou faça barulho de modo a que ele se assuste. Depois, coloque-o perto do arranhador e (se conseguir) mande-o ficar lá sentado sem o agarrar. Lembre-se, não mostre raiva e não magoe o seu animal por mais querida que lhe seja a sua mobília. O gato apenas segue os seu instintos naturais.



Gostou? Partilhe...

Deixe aqui o seu comentário...

Apenas o nome e email são de
preenchimento obrigatório e não serão revelados.

Comentários ofensivos ou de conteúdo não enquadrado
com o artigo/site não serão aprovados.